Blog

Entrevista com Josenilton de Carvalho, Tratador dos Animais do Parque

26/07/2017

Josenilton de Carvalho, nascido em Campo Formoso – BA, mais conhecido como “Seu Zé”, trabalhava com animais domésticos: gado, cavalo, porco e outros do tipo. Começou seu trabalho no Parque como Tratador de Animal Silvestre em 17 de fevereiro de 2014.

 


Como você se tornou um tratador aqui no parque?


Foi através de uma funcionária que trabalhava aqui e informou que haveria esta vaga de tratador. Na época morava em Tocantins e resolvi vir a Luís Eduardo Magalhães conhecer o Parque e gostei bastante. Decidi então enviar meu currículo. Para mim foi uma experiência nova. Como eu já tinha costume de trabalhar com animal doméstico, aí (surgiu) a curiosidade de conhecer o animal silvestre, como a gente já via no Cerrado, no mato. Então aquela curiosidade de cuidar, tratar e conhecer eles mais é que me trouxe a ser um tratador [sic].

 


Como foi o início prático desse trabalho?


Muita dificuldade, porém, um aprendizado a cada dia.


Em algum momento na execução desse trabalho você teve ou tem medo?


No início eu sentia medo quando a gente começou a pegar os lobos para procedimentos veterinários como coleta de sangue, vacinação, etc., porque a gente tinha que entrar no recinto diretamente com eles. Atualmente, após muita prática, experiência e conhecer melhor o comportamento de cada animal, não tenho mais medo pois tenho confiança no equipamento de contenção e no procedimento da forma que realizamos.

 


O que te motiva nesse trabalho?


Ah, tudo de bom: o Cerrado, os pássaros, os bichos! Cada dia parece que a gente chega mais próximo a eles.

 


O que você espera do futuro nesse trabalho? 


Tudo de melhor! Espero cada dia melhorar mais e mais. SEMPRE!

 

Comentários

Deixe um comentário

Os campos com * são de preenchimento obrigatório.

0 comentário(s)

Nenhum comentário em "Entrevista com Josenilton de Carvalho, Tratador dos Animais do Parque". Seja o primeiro a comentar!